Afinal, o que é IoT?

Ilustração de uma cidade toda conectada.

IoT é a sigla em inglês para Internet das Coisas (Internet of Things), e deixou de ser um futuro distante para estar presente em nosso dia a dia.

A Internet das Coisas, IoT, permite a interligação de objetos do mundo real com o mundo virtual por meio de sensores de identificação por radiofrequência ou RFID, para trocar entre si informações sobre status, localização, funcionalidades, problemas e diversas outras.

Confuso? Vamos exemplificar. Provavelmente você conhece alguém que tem um smartwatch (relógio inteligente), ou um daqueles tênis de corrida com chip, que trocam informações com o celular. Através do celular esses são dois objetos se conectam a internet e enviam dados para que seu usuário possa tomar decisões simples como atender uma ligação, responder uma mensagem ou correr mais 15 minutos para atingir sua meta diária. Isso é a IoT.

Agora, imagina como essa tecnologia pode beneficiar uma organização. Por meio da IoT pode-se coletar dados de temperatura do ambiente, CFTV, energia elétrica, elevadores, controle de acesso, estoque de produtos e matéria prima, frota de veículos, entre vários outros. Esses dados são direcionados para sistemas internos que, através de relatórios gerados a partir destes, apoiam o gestor na tomada de decisão.

Em 2016 o Porto Maravilha tornou-se o primeiro bairro inteligente e conectado do Rio de Janeiro, contando com diversas soluções como informações do trânsito, transporte público, fluxo de pessoas no local, informações turísticas, previsão do tempo, volume da chuva, sensores de lixo sólidos em bueiros para facilitar a limpeza, entre outras para melhorar a gestão do local. Tudo isso usando a IoT.

Estamos cada vez mais dependentes de informação e conectados com as coisas. Essa é uma realidade que só tende a crescer. Por isso empresas como Google, Amazon, Microsoft, Cisco, Apple, Intel, entre outras estão inovando e investindo cada vez mais em IoT.

Deixe uma resposta